A bandeja automotiva é uma peça que está inserida no contexto da suspensão como um todo. Isso porque a bandeja, também chamada de braço oscilante, realiza a ligação da manga de eixo ao chassi do veículo.

 

Qual é a função da bandeja automotiva?

A bandeja automotiva faz parte do sistema de suspensão dos veículos e se trata de um item que tem como função ligar as rodas do veículo ao chassi ou monobloco. Na prática, é um item de segurança, uma vez que ele é capaz de proporcionar estabilidade na condução do veículo em diferentes situações, além de atuar em casos de arranques e frenagens.

 

A bandeja automotiva, além de proporcionar segurança e estabilidade ao veículo, também é responsável por boa parte de seu conforto. É válido ressaltar que, até mesmo um pequeno problema nesse item, é capaz de ocasionar a perda de controle do automóvel — motivo pelo qual é fundamental usar uma peça de qualidade e monitorar o seu desgaste.

 

Também é função da bandeja automotiva, além de ligar as rodas ao chassi: suportar as forças laterais em curvas; determinar e manter o alinhamento das rodas; limitar o movimento indesejado das rodas.

 

Como detectar problemas na peça?

É fundamental realizar a manutenção do sistema de suspensão de maneira completa. Isso porque, apesar de os amortecedores e molas serem os principais responsáveis por absorver as irregularidades do solo onde se trafega, a bandeja automotiva é um componente imprescindível para a segurança do carro.

Dessa maneira, é importante que o motorista dê atenção a possíveis sinais que indiquem problemas na peça. De maneira geral, o desgaste da bandeja automotiva acontece com a mera utilização do carro, especialmente, quando o veículo trafega em pistas irregulares ou passa por buracos — situações que podem fazer com que ocorram empenamento, buchas com folgas, trincas ou soldas danificadas.

Isso ocorre, como vimos, porque se trata de um item que é responsável por controlar as forças laterais em curvas, assim como o movimento feito pelo veículo em lombadas, arrancadas e freadas.

Quando a bandeja automotiva apresenta problemas, é possível detectá-los por meio de um barulho que é feito sempre que o veículo passa em um buraco. Esse desgaste é capaz de comprometer a estabilidade do carro, ocasionando desgaste prematuro dos pneus, entre outros problemas.

 

O que é preciso para solucioná-los?

É importante realizar o diagnóstico do sistema de suspensão, a fim de analisar o estado do item. Nos casos em que ela está com buchas desgastadas, trincas ou amassamento, o veículo pode ficar instável prejudicando a dirigibilidade

Para solucionar o problema de uma bandeja automotiva danificada, o ideal é que, ao perceber o barulho na suspensão, o proprietário leve o seu veículo a uma oficina mecânica para descobrir se o item corre risco de ruptura. Por isso é tão importante que ele seja orientado sobre essa situação.

A tendência é que o barulho aumente cada vez mais e se torne mais frequente, principalmente, em locais esburacados. O ideal é procurar pela ajuda do profissional o quanto antes para realizar a troca da bandeja danificada.

Por isso, se o motorista verifica algum barulho, é fundamental levar o veículo até um mecânico para realizar uma verificação nos componentes da suspensão. A bandeja danificada por se desprender e gerar perda de dirigibilidade — o que pode provocar acidentes e colocar em risco a segurança do condutor, ocupantes do veículo e até de terceiros.

 

Quais outras peças podem sofrer danos com esses problemas?

Quando a bandeja automotiva apresenta falhas, outras peças também podem ser danificadas e prejudicar a direção do veículo. Veja outros itens que devem ser observados:

 

Coxim do amortecedor

O coxim do amortecedor é um item revestido em borracha, que tem como função realizar a fixação do amortecedor ao monobloco do carro. Quando a peça apresenta problemas, a fixação é prejudicada e o item gera barulhos e pode levar à quebra do componente.

 

Amortecedores

Os amortecedores também podem ser prejudicados pela folga excessiva nas buchas da bandeja,

 

Pneus

Bandejas com folgas em pivôs ou buchas também podem desgastar de forma prematura os pneus e gerar o desalinhamento do veículo.

É fundamental que o proprietário opte pelo modelo correto de pneu para o seu carro, uma vez que existem diferentes opções disponíveis no mercado, e nem todas são adequadas para todos os modelos.

 

Pivôs e terminais

Os pivôs e terminais podem ser danificados e gerar trepidação na direção, barulhos e aumento do desgaste dos pneus. Da mesma forma que ocorre com os demais componentes da suspensão, falhas tendem a aumentar as chances de acidentes.

 

É válido ressaltar que, depois de fazer a substituição e instalação da bandeja automotiva, é fundamental que o proprietário também realize o alinhamento do veículo, de acordo com as especificações do fabricante. Isso porque, ao mexer nesse item, há o desalinhamento das rodas do carro.