Não tem jeito: no início do ano quem é proprietário de automóvel já sabe que precisará pagar licenciamento e Seguro DPVAT e o famoso IPVA. Como pode haver variação nas tarifas e no calendário, abaixo você confere o guia completo para não se perder no IPVA 2021. Confira:

 

IPVA 2021 em São Paulo

De acordo com a Secretaria Estadual da Fazenda e Planejamento, o IPVA 2021 terá redução de 6,77% no território paulista.

 

A consulta de valores já está disponível para os proprietários de veículos do estado. Para isso, basta acessar o Portal da Fazenda e ter em mãos o número do Renavam e a placa do automóvel, que são solicitados no momento da verificação. Para o público PCD que possui veículos com isenção, também é necessário consultar o portal para conferir se o benefício permanecerá.

 

O calendário de pagamento do IPVA 2021, cuja alíquota é de 4% em São Paulo, tem início em 4 de janeiro de 2021 e segue com cada data relacionada ao número final da placa dos veículos. Vale lembrar que aqueles que deixarem de recolher o imposto poderão ser multados em 0,33% do valor por dia de atraso e com juros da mora baseados na taxa Selic. Caso a inadimplência permaneça após 60 dias, a multa é fixada em 20%.

 

Confira o calendário de pagamento do IPVA 2021 em São Paulo para carros, caminhonetes, ônibus, micro-ônibus, motos e similares:

CALENDÁRIO DE PAGAMENTO DO IPVA 2021 - SÃO PAULO

Final de Placa 1ª parcela ou Cota única com desconto 2ª parcela ou Cota única sem desconto 3ª parcela
1 07/01 09/02 09/03
2 08/01 10/02 10/03
3 11/01 11/02 11/03
4 12/01 12/02 12/03
5 13/01 18/02 15/03
6 14/01 19/02 16/03
7 15/01 22/02 17/03
8 18/01 23/02 18/03
9 19/01 24/02 19/03
0 20/01 25/02 22/03

IPVA 2021 nos demais estados

Para as demais localidades, é necessário acessar o site da Secretaria da Fazenda, do Detran ou do Governo do respectivo estado e consultar informações específicas da região.

 

Isenção do IPVA

Como muitos já devem saber, existem determinados públicos de motoristas, modelos e categorias de automóveis que não precisam pagar o IPVA. Isso ocorre por meio da isenção, que é atribuída para:

  • Táxi e mototáxi;
  • Pessoas com tratamento diplomático;
  • Pessoas com deficiência;
  • Ônibus e micro-ônibus.

 

Além disso, os estados brasileiros também oferecem isenção aos automóveis dependendo de sua data de fabricação.

  • A partir de 10 anos: Roraima, Goiás e Rio Grande do Norte;
  • A partir de 15 anos: Amapá, Rondônia, Bahia, Amazonas, Ceará, Distrito Federal, Tocantins, espírito Santo, Mato Grosso do Sul, Maranhão, Paraíba, Piauí, Pará, Rio de Janeiro e Sergipe;
  • A partir de 20 anos: São Paulo, Acre, Rio Grande do Sul, Paraná e Alagoas.