No início do ano, todo brasileiro que possui um carro tem, pelo menos, uma grande preocupação: o pagamento do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA).

Em 2022, aqueles que moram em São Paulo podem aproveitar a opção de pagamento com 9% de desconto no mês de janeiro. Além disso, o governo também possibilita o parcelamento do valor em até cinco vezes.

Clique aqui e confira o calendário oficial de pagamento do IPVA.

Os proprietários de veículos que não realizarem o pagamento do IPVA conforme o calendário serão cobrados com uma multa diária de 0,33% por dia de atraso e juros de mora com base na taxa Selic. Após 60 dias, o percentual de multa é fixado em 20%.

Mantida a inadimplência, a multa sobe 40% sobre o valor do imposto, além da inclusão do nome do proprietário no Cadin Estadual ou cobrado mediante o protesto pela Procuradoria-Geral do Estado.

O contribuinte pode dirigir o carro com IPVA atrasado somente até a data do licenciamento do veículo. Depois desse período, existem consequências ainda mais graves, como a apreensão do veículo, com multa e sete pontos na CNH (Carteira Nacional de Habilitação).