Essa é uma das alternativas mais viáveis para aliviar o bolso, pois a instalação do Gás Natural Veicular (GNV) proporciona uma economia maior, tanto pelo seu rendimento, quanto pelo valor mais baixo.

O GNV é considerado um combustível mais eficiente que a gasolina, o etanol e o diesel em diversos sentidos: é mais econômico, proporciona maior autonomia ao veículo e também é menos poluente.

Instalação

O gasto gira em torno de R$5 a R$7 mil reais, mas o investimento pode ser recuperado com facilidade, principalmente, para aqueles que utilizam o veículo para trabalho, como taxistas, motoristas de aplicativo e frotistas.

Conheça abaixo 5 vantagens de um carro movido a GNV: 

  • A principal vantagem do GNV é o menor gasto e menor consumo de combustível. Segundo a Associação Brasileira das Empresas de Gás Canalizado (Abegás), o gás natural veicular é cerca de 43% a 58% mais econômico do que a gasolina.
  • É menos poluente ao meio ambiente em comparação com os combustíveis líquidos, pois reduz a emissão dos gases de efeito estufa.
  • O sistema de injeção fica sempre mais limpo, já que por ser um combustível mais limpo, o gás não deixa acumular resíduos nos bicos injetores, como ocorre em modelos convencionais.
  • O óleo dura mais, já que o GNV não contamina o óleo lubrificante do motor, aumentando a vida útil do líquido, que pode ser trocado em um intervalo de tempo maior.
  • Aumento da vida útil do escapamento. Como não há o acúmulo de água proveniente da gasolina e do álcool, o sistema pode durar até 20% a mais de tempo.

Agora, veja 5 desvantagens de um carro movido a GNV: 

  • Uma das principais desvantagens é a perda da garantia de fábrica do carro, caso seja um veículo novo.
  • O cabeçote do motor pode trincar, já que o sistema acaba recebendo maior pressão e aumenta a possibilidade de aparecerem pequenas fissuras.
  • Com o uso do GNV, os cabos de vela podem se desgastar em um período menor que o ideal.
  • Como os cilindros trabalham com um combustível seco, a falta de lubrificação pode causar avaria. O ideal é usar gasolina ou álcool por 5km todos os dias.
  • Perda de potência do motor: ao instalar o GNV, você pode perceber que o motor do seu carro ficou ligeiramente mais fraco.

Além disso, é importante considerar a perda de espaço no porta-malas, os custos de inspeção e regularização do carro. Para que ele possa circular, é preciso realizar vistorias anualmente.

Pense bem em todas as vantagens e desvantagens e avalie qual a melhor escolha para o seu carro!